quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Deputado Zé Inácio defende construção de ponte sobre o Rio Pericumã

Nesta quarta-feira (25), durante a sessão na Assembleia Legislativa do Maranhão, o deputado Zé Inácio (PT) ocupou a tribuna para relatar que, na manhã de ontem (24), participou da vistoria que foi realizada a margem do Rio Pericumã, que liga o município de Bequimão à Central do Maranhão.  
 
O parlamentar esteve acompanhado dos prefeitos do município de Bequimão José Martins e do prefeito de Mirinzal Amaury Almeida e de técnicos da empresa Progen contratada pela Secretaria de Infraestrutura para realização da obra.
 
 “A população de dez municípios da região da baixada espera há 40 anos pela construção da ponte sobre o Rio Pericumã, que deve melhorar o acesso da capital maranhense aos municípios de Bequimão, Central do Maranhão, Mirinzal, Guimarães, Cedral, Cururupu, Porto Rico, Serrano do Maranhão, Bacuri e Apicum-Açu”, relatou o deputado.
 
O PROJETO 
 
O projeto da construção da ponte sobre o Rio Pericumã faz parte da plataforma do mandato do deputado que é natural da cidade de Bequimão e conhece muito bem a realidade da baixada. Com a construção da ponte de Bequimão para Central do Maranhão a distância será diminuída para 32 km apenas, até chegar a MA 106 que dá acesso ao Cujupe, 100 km a menos de distância.  
 
“Colocamos agora nas mãos do governador Flávio Dino a execução desse importante projeto que é a ponte sobre o Rio Pericumã ligando Bequimão a Central do Maranhão. E quero fazer o registro do reconhecimento do governo Flávio Dino da importância desse projeto, inclusive registrando também aqui que o secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto, já assinou a ordem de serviço que garante a realização do projeto técnico que vai dizer o custo dessa ponte sobre o Rio Pericumã”, comentou em tribuna o deputado.
 
Para o prefeito de Bequimão José Martins, a estrada e a ponte irão reacender o comércio do município, trazendo geração de emprego e renda. “A continuidade desse projeto irá trazer para a nossa cidade um progresso com 40 anos de atraso”, relatou o prefeito José Martins. 
 
Já o prefeito do município de Mirinzal, Amaury Almeida, que também é  presidente do Consórcio Conguarás, acredita que as obras irão beneficiar todos os moradores daquela região, melhorando a escoação da produção local e reduzindo consideravelmente a distância entre os municípios circunvizinhos.
 
Os prefeitos que compõem o Conguarás (Zé Martins, Benedito Barros, Amaury Almeida, Nilce Farias, Fernando Cuba, Rosa Braga, Júnior Franco, Donária Rodrigues, José Balduíno e Cláudio Cunha), de forma articulada, estão usando as máquinas do PAC, caçambas, retroescavadeiras e patrol com o objetivo de garantir o acesso até o leito do Rio Pericumã, pelos dois lados do leito (Bequimão e  Central do Maranhão). “Os prefeitos estão de forma consorciada, usando as máquinas do PAC para garantir o acesso que permitiu à equipe da empresa que foi contratada pelo Governo do Estado, para elaborar o projeto técnico da ponte, que ela pudesse ter acesso de carro traçado até a margem do Rio. Eu tive a oportunidade de acompanhar a equipe que, daqui mais ou menos uns três ou quatro meses, estará com o projeto concluído”, destacou Zé Inácio.
 
A PONTE
 
A construção da ponte sobre o Rio Pericumã foi idealizada nos anos 70, pelo então governador do Estado do Maranhão, Antônio Dino. O governador Antônio Dino chegou a fazer a estrada que ligava a margem do Rio Pericumã, do lado do município Bequimão e do outro lado de Central do Maranhão, até a sede de Mirinzal.
 
Na década de 70, grande parte da população do Litoral Ocidental maranhense fazia o deslocamento do transporte através do Rio Pericumã. Com a construção da estrada de Central a Pinheiro, o sonho da ponte sobre o Rio Pericumã caiu no esquecimento.
 
Fonte: AL/MA

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Em reunião de trabalho junto à diretoria do Banco Mundial no Brasil, o governador Flávio Dino apresentou propostas de parcerias em financiamento de obras estruturantes para o Maranhão. Tendo como norte o desenvolvimento social do estado, Flávio Dino elencou os projetos em andamento para melhorar as condições de vida da população maranhense, entre eles o Plano de Ação ‘Mais IDH’ e o programa ‘Água para Todos’ estadual.
 
Na apresentação feita aos diretores e corpo técnico do Banco Mundial no Brasil, Flávio Dino destacou as riquezas naturais do Maranhão e os desafios de enfrentar as desigualdades sociais geradas ao longo das últimas décadas. Com as potencialidades naturais do estado, segundo o governador, é possível atingir as metas estipuladas pelos projetos.
 
“Os projetos que estamos iniciando possuem grande impacto social, redistribuindo as riquezas produzidas no Maranhão. Temos essa visão clara de onde queremos chegar ao longo de quatro anos e apresentamos ao Banco Mundial, que possui atuação em áreas de vulnerabilidade social para buscar parceiros no intuito de qualificar a vida dos maranhenses”, disse o governador.
 
A diretora do Banco no Brasil, Déborah Wetzel, reafirmou que a instituição possui grande atuação na área do desenvolvimento social. Ela colocou uma equipe técnica do Banco à disposição para visitar o Maranhão e desenvolver junto ao Governo do Estado projetos de interesse dos maranhenses. A previsão é que a equipe esteja no estado em março para conhecer os projetos iniciados pelo Governo do Estado em janeiro e identificar oportunidades de parcerias na área do desenvolvimento social.
Os secretários estaduais Neto Evangelista (Desenvolvimento Social) e Flávia Moreira (Cidades) acompanharam a reunião e ficaram responsáveis pela condução técnica das tratativas com o Banco Mundial, visando viabilizar os projetos de desenvolvimento no campo da qualidade de vida aos maranhenses.
 
Representando a bancada de deputados federais maranhenses, o vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), também destacou que os projetos sociais possuem apoio no parlamento brasileiro.
 
Fonte: Secom/MA

Estado divulga resultado preliminar de seletivo para mil professores

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), disponibiliza, nesta terça-feira (24), o resultado preliminar dos candidatos classificados no processo seletivo simplificado para contratação temporária de mil professores. A lista nominal de classificados e excedentes será disponibilizada no site da Seduc.

Nesta primeira fase, foram desclassificados os candidatos que não apresentaram os requisitos básicos para a disciplina pleiteada, conforme os editais 001/2015 e 002/2015 e, ainda, aqueles que não entregaram os documentos exigidos para confirmação da inscrição. Esses candidatos podem consultar a situação na página da secretaria, informando o CPF e a senha gerada no momento da inscrição.

Para interposição de recurso, o candidato deverá formular pedido no site da Seduc, no prazo de 48 horas, informando o CPF e a senha gerada no momento da inscrição, além de imprimir o recurso, assinar e entregar na sede da Unidade Regional de Educação (URE) à qual o município de opção está jurisdicionado. A Comissão de Processo Seletivo Simplificado alerta que o recurso que não for entregue na URE no prazo previsto nos editais não terá validade, sendo desconsiderado.

O seletivo para contratação temporária de professores integra as medidas determinadas pelo governador Flávio Dino para melhoria da educação na rede pública estadual. Dentre as outras ações já definidas pela gestão estadual estão a prorrogação dos contratos de 4.990 professores, progressão funcional de 11.144 professores, reajuste de 15% no salário dos professores contratados, aplicação do percentual de reajuste do piso nacional a todas as referências funcionais do magistério e realização de reparos emergenciais em 93 escolas que estão sem condições de funcionamento.

Clique aqui para o resultado do seletivo

Clique aqui para a consulta individual de pontuação

Fonte: Seduc/MA

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Ester Marques na Cultura e Elisângela Cardoso na FUNAC

O governador eleito Flávio Dino segue com a composição de sua equipe de trabalho. A professora Ester Marques foi anunciada na manhã desta terça-feira (11) para assumir a Secretaria de Cultura a partir de 1º de janeiro. Este é o 21º anúncio de Flávio Dino através das redes sociais.

Ester Marques assumirá a Secretaria de Cultura com o objetivo de implementar compromissos assumidos pelo Programa de Governo apresentado por Flávio Dino, como a expansão de estruturas adequadas para atividades culturais em municípios maranhenses e também do Programa Pontos de Cultura, do Governo Federal, democratizando o apoio financeiro e técnico aos grupos culturais.

Ester Marques – Ester Marques é professora do Departamento de Comunicação da UFMA, formada em Comunicação, com mestrado em Comunicação e Cultura pela UNB e está concluindo o doutorado em Ciências da Comunicação. É do Conselho Estadual de Cultura, da Comissão de Análise de Projetos da Lei de Incentivo da Cultura. Coordenou como analista técnica o Plano Estadual de Cultura. É também produtora cultural e membro da Comissão Maranhense de Folclore. Foi diretora geral do Sesc no Maranhão. Desde 2012, é assessora de Comunicação da UFMA.

FUNAC -Elisângela Cardoso foi anunciada na manhã desta terça-feira (11), pelo governador eleito Flávio Dino, como próxima presidente da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac). Esse é o 20º anúncio de composição de equipe através das redes sociais.

Com militância nos movimentos sociais ligados à defesa dos direitos da criança e do adolescente há mais de 20 anos, Elisângela Cardoso fará parte da equipe da próxima administração.
FUNACELISÂNGELA CARDOSO – Elisângela Cardoso é formada em Pedagogia e pós-graduanda em Educação Integral pela UFMA. Com militância nos movimentos sociais ligados à defesa dos direitos da criança e do adolescente há mais de 20 anos, Elisângela foi presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Luís por duas gestões consecutivas, e do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente. Atualmente, é superintendente de Proteção Social Especial – Alta Complexidade na Secretaria Municipal da Criança e da Assistência Social de São Luís (Semcas) e integra a coordenação do Centro de Promoção da Vida de Crianças e Adolescentes da Área Itaqui-Bacanga – CEPROVI/Pastoral do Menor. Presidiu a Funac na gestão de Jackson Lago. Elisângela também atuou na articulação da implantação da Rede Amiga da Criança de São Luís, e na implantação da Rede Maranhense de Justiça Juvenil – esta última com foco no atendimento socioeducativo e na justiça restaurativa.

Fonte: Blog Jorge Aragão 

PT disputará presidência da Câmara dos Deputados




O Partido dos Trabalhadores decidiu, em reunião da bancada na quinta-feira (06), lançar candidato para concorrer à presidência da Câmara dos Deputados. De acordo com o líder do partido na Câmara, deputado Vicentinho (SP), o nome deverá ser definido até o dia 13 de novembro.

“É importante definir logo, por isso iremos conversar com outros partidos e apresentar a proposta de candidatura”, explica Vicentinho.

O PT criará uma comissão para definir o nome do candidato. O grupo será formado pelos deputados Marco Maia (RS), Arlindo Chinaglia (SP), Geraldo Magela (DF), José Guimarães (CE) e Vicentinho (SP).

Segundo o líder do PT na Câmara, a decisão de ter candidato próprio se deu após divulgação da pré-candidatura do deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) à presidência da Casa. A articulação do peemedebista desfaz acordo entre os dois partidos feito, em 2007, pela alternância na liderança na Câmara.

“Nós somos a maior bancada e temos pessoas preparadíssimas para cumprir essa missão. Entendemos que essa seria a vez de o PT assumir a presidência, pois o PMDB está dirigindo agora”, afirma o deputado.

Em entrevista ao jornal espanhol “El Pais”, em 3 de novembro, Eduardo Cunha afirmou não ter feito “acordo eterno de dividir nada com o PT”. Conhecido por ter posicionamentos conservadores, o líder do PMDB pode representar ainda mais dificuldades na aprovação de pautas progressistas defendidas pelo PT, como a regulação da mídia e os conselhos populares.

“A Câmara é um poder distinto e há uma concepção de que o Poder Legislativo é autônomo, mas também colaborativo. Temos segurança de que o PT pode cumprir essa missão”, defende Vicentinho.

Por Mariana Zoccoli, da Agência PT de Notícias




Servidores do TJMA retomam greve por retroativos dos 21,7%, perdas inflacionárias dos 4,3% e DATA BASE

Os servidores do Judiciário maranhense durante Assembleia Geral Extraordinária da categoria, realizada no último sábado (08/11) na Associação Comercial do Maranhão, decidiram retomar a GREVE GERAL da categoria, em todas as comarcas do Estado e por tempo indeterminado, a partir da próxima quinta-feira (13/11), em protesto contra o não pagamento pelo Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJMA) dos retroativos judiciais dos 21,7%. O movimento paredista reivindica também o cumprimento da lei das perdas inflacionárias de 4.3% na folha de salários de novembro, com seus respectivos retroativos, além da fixação do dia 01º de Janeiro como Data Base para a revisão anual dos vencimentos e demais vantagens da categoria, condições dignas de trabalho na Justiça maranhense, fim do Assédio Moral e critérios isonômicos para a concessão do auxílio alimentação de servidores e magistrados.

A categoria decidiu aguardar a confirmação da quitação dos retroativos da Ação dos 21,7% e das Perdas Inflacionárias de 4.3% até a próxima quarta-feira (12/11). Os dirigentes do Sindjus-MA aguardam ser recebidos em audiência pela Presidente do TJMA, Desembargadora Cleonice Freire, com o objetivo de garantir a confirmação do pagamento dos valores devidos aos servidores já na folha de salários de novembro/2014.  “Queremos uma posição segura da própria Presidente do TJ se os valores devidos aos servidores serão pagos este mês. Caso contrário, a deliberação de retomada da greve geral da categoria na próxima quinta-feira já está tomada”, disse Aníbal Lins.

Auditoria no Tribunal de Justiça
Com o objetivo de cobrar a realização de uma Auditoria Financeira no Tribunal de Justiça do Maranhão para apurar a legalidade desses e de outros pagamentos feitos pela administração Cleonice Freire, entre os quais a conversão de licença prêmio em pecúnia para magistrados e desembargadores, o Sindicato protocolou duas representações junto ao Conselho Nacional de Justiça – CNJ. Essas medidas da atual administração tiveram impacto de vários milhões de reais no orçamento do Judiciário Estadual.
   
Semana da Conciliação

Em relação a Semana da Conciliação, o Presidente do Sindjus-MA informou que caso o movimento grevista não se resolva rapidamente será levado adiante,  independentemente da Semana da Conciliação. “Tudo dependerá das negociações. Paralelo ao nosso movimento, iremos esclarecer à sociedade o motivo do nosso movimento, que não é para prejudicá-la. Mas mostrar que a sociedade é a principal prejudicada, com todas essas arbitrariedades e irregularidades praticadas pelo Tribunal de Justiça”, disse Aníbal Lins.


Fonte: SindjusMA

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Gastao Vieira visita Sindjus e recebe apoio de sindicalistas



O Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão (Sindjus-MA) recebeu nesta segunda-feira (29) o deputado federal Gastão Vieira, candidato pelo PMDB ao cargo de Senador do maranhão. O encontro reuniu diversos sindicalistas interessados em conhecer as propostas do ex- Ministro do Turismo. No inicio do encontro o presidente do Sindjus, Aníbal Lins, entregou ao candidato a Pauta Unificada das Centrais Sindicais junto ao Congresso Nacional, que inclui temas como o fim do fator previdenciário, garantia de jornada de trabalho de 40 horas semanais, destinação de 10% do orçamento da União para a Saúde, entre outras reivindicações da classe trabalhadora.

Do evento participaram representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Federais do Maranhão (Sindsep-MA), Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados, Serviços em Informática e Similares (SINDPD-MA), Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sinpol-MA), Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Luís (Sinfusp), Federação dos Trabalhadores da Administração e do Serviço Público Municipal (Fetram), Associação de Polícia Técnica Científica (Apotec), além de representantes do Sindjus-MA e comunitários.
“Este encontro foi importante, pois colocamos as demandas da categoria ao mesmo tempo em que ouvimos as propostas do candidato bem como um pouco da sua história de vida. Considero este um momento produtivo e democrático”, disse o presidente do Sindjus, Aníbal Lins ressaltando ainda que o Sindjus pediu ao candidato que se comprometa, se eleito, a ajudar na regulamentação da convenção 151 da Organização Internacional do Trabalho(OIT), que prevê a negociação coletiva no setor público.
Um dos pontos altos do encontro foi quando Wanderson Valente, morador da Vila Maranhão, colocou para o candidato que famílias da localidade estão sofrendo ameaça de despejo. Gastão Vieira se prontificou a conhecer a fundo a situação e atender ao pleito do líder comunitário.
Outro assunto de grande relevância foi apresentado ao candidato pelo diretor do Sindjus, Benilton Brelaz, e teve como tema a criação do município da área Itaqui Bacanga. Gastão Vieira ouviu atentamente a demanda e disse apoiar a criação do novo município.
“O encontro foi muito importante para conhecer a seriedade e o compromisso de Gastão, que já comprovou competência com seu trabalho e trajetória”, destacou Benilton Brelaz.
História- Na sua fala o candidato destacou sua longa trajetória política e seu comprometimento com a Educação. Ressaltou ações que contribuíram para elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no Maranhão e discorreu sobre projetos desenvolvidos quando foi Ministro de Turismo na atual gestão federal.
Sobre a Segurança Gastão defendeu a unificação das polícias, mas que a área é o grande desafio do governo. De imediato ele acredita que se deve apostar na inteligência do setor, investindo na vigilância, em tecnologias. “Temos que dar condições de trabalho para diminuir a violência”, disse.
“Quero ir para o Senado, tenho convicção de que vale a pena dar continuidade aos projetos que defendo no Congresso Nacional e peço a ajuda de vocês”, declarou Gastão que agradeceu ao convide do presidente do Sindjus Aníbal Lins.
“Estou honrado de estar aqui neste bate papo tão rico e produtivo. Tenho a convicção de que são de momentos como este que nascem e têm frutos as grandes ideias. Obrigado Aníbal e a todos que aqui estão compartilhando deste encontro”, disse Gastão Vieira.
A presidente do Sindsep, Angela Souza, deu apoio total a Gastão: “Voto em Gastão porque foi o melhor secretário de Educação que o Estado já teve, foi eleito um dos melhores deputados e será Senador porque merece e vamos trabalhar para isso. Peço que os meus companheiros me acompanhem nessa luta”, declarou Ângela Sousa.
Presente ao evento o primeiro suplente a Senado, José Antônio Heluy, também agradeceu ao convite do Sindjus e declarou que a bandeira sindical também é a sua bandeira e que as demandas postas terão seguimento.